domingo, 27 de fevereiro de 2011

UnB realiza o projeto Escola Internacional de Futebol

(para visualizar a imagem ampliada, basta clicar uma vez com o mouse sobre ela)

Paixão Compartilhada
Um projeto de extensão da UnB mostra que a importância do futebol vai muito além da paixão brasileira. O programa “Escola Internacional de Futebol da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (EIF-CPLP)” é realizado há quatro anos pela Faculdade de Educação Física em parceria com o Ministério do Esporte, o Ministério das Relações Exteriores e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. O objetivo é formar cidadãos, através de cursos esportivos, que possam contribuir sócio e culturalmente em seus países.


O programa é destinado aos oito países que possuem a língua portuguesa como oficial: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, e Timor Leste. Os cursos são realizados no Brasil e qualificam atletas, treinadores, árbitros, preparadores físicos e dirigentes para atuarem no ambiente esportivo de suas comunidades.

Para participar do projeto os candidatos passam por um processo seletivo realizado pela própria EIF, em seus respectivos países. Os aprovados recebem bolsa e as atividades incluem aulas diárias, seminários, visitas e, principalmente, atividades que permitam troca de experiências.
Para o coordenador do projeto e Doutor em Ciências da Saúde, Paulo Henrique Azevêdo, as atividades da EIF trazem benefícios tanto para a Universidade, que passa a conhecer melhor a cultura dos países que também falam português, quanto para aqueles que participam do projeto. “Muitos dos jovens tiveram novas experiências que marcaram todas as suas vidas, tais como: calçar um tênis; jogar em campo de futebol gramado e, talvez o mais representativo: viajar para um outro país.”

Ao final de cada curso, uma visita é feita aos oito países. Nela, os responsáveis pela EIF verificam se os profissionais qualificados estão atuando em práticas orientadas do esporte e projetos sociais. Um dos projetos mais importantes é o que envolve crianças e adolescentes, como a promoção de atividades esportivas extraclasse. “O resultado é a multiplicação do conhecimento em cada um dos países feita por aqueles que realizam os cursos oferecidos pela EIF-CPLP”, afirma Paulo Henrique.

A EIF-CPLP, independentemente da Copa do Mundo de 2014, continuará a oferecer cursos, palestras, congressos e realizará competições esportivas que ampliem os laços entre os países, qualifiquem todos os participantes e promovam benefícios sociais para todos os povos co-irmãos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Publicada no Campus Online
http://fac.unb.br/campusonline/mundo-academico/item/912-paixao-compartilhada
Domingo, 30 de janeiro de 2011 19:29
Escrito por Julliana Lop
es
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário: