quarta-feira, 18 de maio de 2022

Professor Tadeu receberá o "Prêmio Boas Práticas em Educação Física"


O Professor Raimundo Tadeu Martins Monteiro, o nosso conhecido Professor Tadeu, receberá no próximo dia 21 de maio, sábado, o Prêmio Boas Práticas em Educação Física, que é concedido pelo Conselho Regional de Educação Física da 7ª Região – CREF7/DF. O Professor Tadeu, ao longo de sua trajetória, desenvolveu projetos relevantes, que atenderam, fundamentalmente, pessoas com deficiência, atuando de maneira voluntária e competente ao longo de décadas e demonstrando o seu inestimável valor na vida em sociedade.

Professor da Secretaria de Educação do Distrito Federal, atuou como professor cedido em nossa Faculdade de Educação Física, de 2003 a 2011, onde sempre foi um docente de destaque, seja por sua competência, pelo excelente relacionamento com os alunos e pelo trabalho de atendimento a pessoas com deficiência por meio do esporte. Criou a disciplina Prática Desportiva em Caiaque.

Uma das virtudes e habilidades do Professor Tadeu sempre foi a de idealizar e construir artesanalmente, todos os materiais e equipamentos indispensáveis para o treinamento de seus atletas, tais como blocos de partida, barreiras, cadeiras para arremessos e lançamentos de atletas deficientes, jogo de boliche, peteca, redes para traves de jogos, dentre outros inúmeros itens.

A cerimônia transcorrerá no dia 21 de maio de 2022, de maneira remota, durante o 12º Congresso Internacional do Conselho Regional de Educação Física da 7ª Região – 12º ConCREF7, e transmitido pelo Canal do CREF7 no YouTube.

A homenagem compreende a cerimônia, o diploma e o Troféu Boas Práticas.

O Professor Tadeu é graduado em Licenciatura Plena em Educação Física pela Faculdade de Educação Física da Universidade de Brasília em 1980 e Professor Aposentado da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal.

Foi auxiliar técnico em atletismo da Seleção Paralímpica Brasileira. Fez parte da delegação brasileira nas Paralimpíadas de Londres 2012. Também foi treinador do atleta Antônio Delfino de Souza, que teve a mão esquerda amputada aos 17 anos em um acidente enquanto trabalhava na lavoura, em sua cidade natal. Antônio Delfino foi Medalha de Prata nas Paralimpíadas de 2000 em Sidney, nos 400 metros; Campeão Mundial em 2002, nos 100 e 400 metros, na França; Campeão Paralímpico em Atenas 2004, nos 200 e 400 metros, estabelecendo recorde dos 400 metros.

Realizou trabalho em alto nível, reconhecido nacionalmente.

Parabéns, Professor Tadeu.

terça-feira, 26 de abril de 2022

Professor Paulo Henrique Azevêdo é empossado na Academia Brasileira de Educação Física

Em Sessão Solene muito prestigiada ocorrida no Plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal, realizada no dia 18 de março de 2022, o Prof. Dr. Paulo Henrique Azevêdo, Universidade de Brasília – UnB, tomou posse na Academia Brasileira de Educação Física – ABEF, passando a ocupar a Cadeira de Nº 8, cujo Patrono é o Professor Inezil Penna Marinho.

A Sessão Solene foi agendada e presidida pelo Deputado Martins Machado e teve transmissão simultânea pelo canal 9.3 da TV aberta e pelo canal do YouTube da TV Câmara Distrital.

A Academia Brasileira de Educação Física – ABEF

Tem por finalidade preservar a história, a memória da Educação Física e o acervo de seus membros, bem como fomentar e incentivar o desenvolvimento da literatura da Educação Física e produção de pesquisas.

Possui por 41 cadeiras que recebem os nomes dos Patronos que foram Delegados da Federação Internacional de Educação Física – FIEP e já falecidos.

Cada cadeira possui um número e é ocupada em vida por Acadêmico Imortal de notável conhecimento e papel histórico para a Educação Física Brasileira.

A mesa de honra da cerimônia foi composta pelas seguintes autoridades:

  • Deputado Distrital Martins Machado, Presidente da Comissão de Assuntos Sociais da Câmara Legislativa;

  • Senadora Leila Barros;

  • Professor Doutor Paulo César Marques da Silva, chefe de gabinete representando a Magnífica Reitora da Universidade de Brasília, a Prof.ª Dr.ª Márcia Abrahão Moura.

  • Professor Doutor Almir Adolfo Gruhn, Presidente da Academia Brasileira de Educação Física (ABEF) e Presidente da Federação Internacional de Educação Física e Esportiva (FIEPS).

  • Professor Doutor Paulo Henrique Azevêdo, Professor Associado IV da Universidade de Brasília na Faculdade de Educação Física, idealizador e coordenador do Laboratório de Pesquisa sobre Gestão do Esporte – GESPORTE e que se tornou naquela solenidade Membro Imortal da Academia Brasileira de Educação Física – ABEF.

  • Conselheira Prof.ª Ms. Elisabete Laurindo de Souza, representando o Presidente do Conselho Federal de Educação Física – CONFEF, o Prof. Dr. Cláudio Augusto Boschi.

  • Professor Patrick Novaes Aguiar, Presidente do Conselho Regional de Educação Física da 7ª Região – CREF7 – Distrito Federal.

  • Professora Nicole Christine Azevedo da Silva, que tomou posse naquele dia como nova Presidente do Conselho Regional de Educação Física da 7ª Região – CREF7 – Distrito Federal.

A Sessão foi iniciada com o ato cívico de execução e canto do Hino Nacional Brasileiro.




Abertura da Sessão Solene e discursos preliminares das autoridades

O presidente da sessão solene, Deputado Martins Machado fez a abertura da cerimônia e apresentou as suas considerações gerais.

A Senadora Leila Barros foi convidada e realizou pronunciamento, destacando a vida profissional e contribuições do Prof. Paulo Henrique no desenvolvimento da Educação Física no Brasil. Destacou que, Atualmente, no Brasil, existem cerca de 600.000 Profissionais de Educação Física registrados no Conselho Federal de Educação Física – CONFEF, e desses, 41 são selecionados e ocupam as cadeiras da Academia Brasileira de Educação Física.

O Professor Doutor Paulo César Marques da Silva, representante da Magnífica Reitora da Márcia Abrahão Moura, da Universidade de Brasília, realizou discurso destacando a relevância da posse de um docente daquela universidade na Academia Brasileira de Educação Física e que tal fato representava um conquista do Professor Paulo Henrique e da UnB.


Mais de 150 ilustres convidados estiveram presentes, sendo docentes, alunos e ex-alunos da Universidade de Brasília e de outras instituições de ensino, autoridades públicas e privadas, civis e militares, familiares, amigos, pesquisadores e membros da comunidade em geral.

Foi uma noite memorável e histórica para a Educação Física Brasileira e um marco importante, pois aconteceu a posse do primeiro acadêmico do Distrito Federal na Academia Brasileira de Educação Física – ABEF.

O histórico da Academia Brasileira de Educação Física – ABEF

A mestre de cerimônia, Prof.ª Amanda Regina Rodrigues Soeira Medeiros leu um pequeno histórico sobre a ABEF, que teve os seus primeiros passos em 2008, quando o Prof. Dr. Almir Adolfo Gruhn, começa a pensar e idealizar uma forma de tornar permanente a memória daqueles que foram referência na Educação Física Brasileira, que que contribuíram para a evolução, construção, transformação e formação dos profissionais de Educação Física. Eles não deveriam ser esquecidos, mas sim lembrados como imortais. Imortais, por suas lutas, por suas obras e pelo legado histórico que deixaram e deixam na Educação Física, no decorrer de suas vidas.

Em meados de Janeiro de 2008, esse ideal foi apresentado ao presidente da Federação Internacional de Educação Física e um dos maiores expoentes da Educação Física brasileira, o Prof. Dr. Manoel José Gomes Tubino, que ficou entusiasmado e fascinado com o projeto. No final daquele ano o Professor Tubino viria a falecer.

No dia 11 de Janeiro de 2019 nasce a Academia Brasileira de Educação Física – ABEF.

O Ato de Posse

A posse foi conduzida pelo Presidente da Academia Brasileira de Educação Física – ABEF, o Prof. Dr. Almir Adolfo Gruhn.

Para etapa inicial da cerimônia, que foi a leitura do memorial bibliográfico do Professor Paulo Henrique Azevêdo, foi convidado um de seus filhos, o senhor Pedro Henrique de Oliveira Azevêdo. Com muita emoção, Pedro Henrique, citando o exemplo de pai, de acadêmico, de profissional e de cidadão, dirigiu palavras carinhosas e procedeu à leitura de um documento com toda a trajetória do homenageado.

A segunda parte da posse consistiu na apresentação pelo Professor Paulo Henrique, do Patrono da cadeira nº 08, da Academia Brasileira de Educação Física – ABEF, o Prof. Inezil Penna Marinho, do Distrito Federal. Foi um momento importante da solenidade, onde foi exibida com detalhes a história acadêmica e profissional desse que foi uma das maiores personalidades da Educação Física do Brasil e do mundo.

O Ato Oficial de Posse foi dirigido pelo Presidente da Academia Brasileira de Educação Física, o Prof. Dr. Almir Adolfo Gruhn, com a colocação da Pelerine, do distintivo e da Insígnia da ABEF no Prof. Dr. Paulo Henrique Azevêdo.


Em seguida, foi realizado o Juramento Público, seguido das palavras de posse pelo Presidente da Academia Brasileira de Educação Física – ABEF, o Professor Dr. Almir Adolfo Gruhn, que formaliza a entrada do Prof. Dr. Paulo Henrique Azevêdo como Membro Imortal.

Concretizando, o Professor Paulo Henrique Azevêdo assinou o Termo de Posse e o Diploma de Posse, que lhe foram entregues em uma pasta, tornando-se o mais novo imortal da Academia Brasileira de Educação Física – ABEF.



Pronunciamento do Professor Paulo Henrique Azevêdo

O Paulo Henrique Azevêdo iniciou a sua fala saudando a mesa de honra, os presentes no plenário e a todos que assistiam a solenidade. Em seguida, apresentou-se e realizou agradecimentos às instituições e pessoas que participaram de toda a caminhada histórica.

Institucionalmente, ressaltou o Governo Federal, ao Governo do Distrito Federal, a Universidade de Brasília, a Polícia Militar do Distrito Federal, o Conselho Federal de Educação Física, o Conselho Regional de Educação Física da 7ª Região, a Federação Internacional de Educação Física e Esportiva, a Academia Brasileira de Educação Física – ressaltando ser o seu novo lar, e o Instituto de Desenvolvimento do Esporte – iGesporte, que tornou possível muito do impossível superado. Também reconheceu a Câmara Legislativa do Distrito Federal, na pessoa no Deputado Distrital Martins Machado, pela proposição e realização daquela Sessão Solene de Posse.

De maneira acadêmica e profissional, distinguiu seus professores de ensinos fundamental e médio, a Professora de Português Dona Lourdes Silva, o Professor de Educação Física Paulo Martins Goulart, e o Professor de Matemática Pier Giorgio Senesi, todos já falecidos; o Professor Doutor Gustavo Pires (de Portugal); o Professor Doutor Lamartine Pereira da Costa; o Professor Doutor Antonio Carlos Bramante; o Professor Doutor Jorge Olímpio Bento (de Portugal). Para o novo Imortal da Academia Brasileira de Educação Física, os seus mestres o motivaram a seguir “Citius, Altius, Fortius”, ou seja, “mais rápido, mais alto, mais forte”, que são o lema dos Jogos Olímpicos.

Também agradeceu aos alunos e ex-alunos; docentes e servidores da Faculdade de Educação Física da Universidade de Brasília e a a todos que de maneira tácita ou explícita contribuíram para ele pudesse estar ali naquele momento.

O ponto central de seu pronunciamento foi sobre a importância do GESPORTE, laboratório que idealizou, criou e coordena há 14 anos, que com o seu corpo altamente qualificado de integrantes voluntários, oferece para a sociedade formação e qualificação em alto nível, de forma universal, ou seja, todas as pessoas, independentemente do seu nível social, econômico, cultural e demais, podem usufruí-lo gratuitamente, só não o fazendo quem não quiser.

Sobre a sua atuação na ABEF, enfatizou não possuir mais o vigor físico de anos atrás, mas que o vigor ainda estava presente e que, aliado à força mental e contando sempre com uma das coisas mais importantes que a civilização criou, que é o trabalho em equipe, teria condições de contribuir para que a finalidade da ABEF fosse plenamente alcançada.

Evidenciou a responsabilidade ao a Cadeira de Nº 8, da Academia Brasileira de Educação Física, cujo Patrono é o Professor Inezil Penna Marinho, um dos maiores baluartes da Educação Física em nível mundial, cuja obra transcende a Educação Física, o Esporte e o Lazer.

Como conclusão, falou de sua família, que é o suporte para sempre estar de bem com a vida e que o faz entender o quanto é necessária atuar permanentemente para contribuir, mesmo que de uma maneira extremamente pequena, na concretização de um mundo melhor. Nas pessoas de seu pai Zazada, sua mãe Alice, sua esposa Saniday, seus filhos Paulo Henrique Filho e Pedro Henrique e seus irmãos Maria Alice, Azevêdo Neto, Ivan (in memoriam) e Magaly, o novo Acadêmico da ABEF expressou o seu respeito e agradecimento a todos os demais familiares.

Todos os presentes à sessão solene aplaudiram o pronunciamento do novo Membro Imortal da Academia Brasileira de Educação Física, o Professor Doutor Paulo Henrique Azevêdo.

Discursos dos demais integrantes da mesa de honra

Cumprindo o protocolo da posse, ocorreram os discursos dos demais integrantes da mesa de honra.

O Prof. Dr. Almir Adolfo Gruhn, presidente da Academia Brasileira de Educação Física – ABEF e Presidente Mundial da Federação Internacional de Educação Física e Esportiva FIEP, expressou o seu orgulho pelo momento e evidenciou a vida e a obra do Professor Paulo Henrique Azevêdo, profissional merecedor de ocupar uma cadeira na instituição.

O Presidente do Conselho Regional de Educação Física da 7ª Região – CREF7, o Prof. Patrick Novaes Aguiar, no momento em que concluía a sua administração, registrou o orgulho de ter um Profissional de Educação Física do Distrito Federal ocupando uma cadeira na ABEF, frisando que o fato era mais relevante pela indicação do Professor Paulo Henrique, por tudo o que sempre faz pela Educação Física do Brasil e, particularmente, do Distrito Federal. Disse que, dentre as inúmeras atividades e intervenções junto ao CREF7, enfatiza o trabalho no planejamento estratégico da instituição, que elevou o nível de gestão e propicia um serviço de qualidade destacada para os registrados e para toda a sociedade.

A Prof.ª Nicole Christine de Azevedo Silva, Presidente que seria empossada naquela noite no Conselho Regional de Educação Física da 7ª Região – CREF7, afirmou que o Professor Paulo Henrique fazia jus por tudo o que representa no campo de atuação da Educação Física Brasileira e, particularmente, do Distrito Federal.

A Conselheira Profª. Ms.Elisabete Laurindo de Souza, representando o Presidente do Conselho Federal de Educação Física – CONFEF, o Prof. Dr. Cláudio Augusto Boschi, expressou a importância da solenidade para a Educação Física brasileira e cumprimentou o Professor Paulo Henrique por ser merecedor de participar da Academia Brasileira de Educação Física.

Homenagem da família

A última etapa do rito de posse de membro na Academia Brasileira de Educação Física é a homenagem feita por familiar do empossado. A senhora Saniday de Oliveira Azevêdo, esposa do Prof. Dr. Paulo Henrique Azevêdo para prestou tributo à pessoa e ao profissional.

Enalteceu o papel de marido, de pai, de amigo e companheiro da vida toda e que se conheceram ainda crianças.

Saniday expressou que o Professor Paulo Henrique sempre foi um obstinado trabalhador, apaixonado pelo que faz, que faz o que gosta e se acredita com dedicação e alegria. Tem como características a consciência e honra de sua vocação e que, o mais importante, entrega tudo o que sabe, por entender que o conhecimento é para ser partilhado.

Finalizou dizendo “Parabéns, Paulo Henrique! Que você tenha saúde e inspiração para continuar a sua caminhada disseminando o conhecimento. O nosso país precisa muito de pessoas como você. Muito obrigada por tudo”.

Encerramento e cumprimentos

O cerimonial agradeceu as presenças à sessão solene de Posse do Professor Paulo Henrique Azevêdo como Membro Imortal da Academia Brasileira de Educação Física – ABEF.

Após o encerramento da Sessão de Posse, o Prof. Paulo Henrique Azevêdo recebeu os cumprimentos dos presentes.


Quem é Paulo Henrique Azevêdo

Paulo Henrique Azevêdo é professor e pesquisador da Faculdade de Educação Física da Universidade de Brasília.

Filho de Joaquim Azevêdo Filho (Zazada) e Alice de Brito Azevêdo, nasceu em Frutal, Minas Gerais, em 19 de dezembro de 1959. Possui quatro irmãos, Maria Alice, Joaquim, Ivan (in memoriam) e Magaly.

Casado com Saniday de Oliveira Azevêdo, com a qual têm dois filhos, Paulo Henrique Filho e Pedro Henrique.

Realizou duas graduações em Educação Física. A primeira pela Faculdade Dom Bosco de Educação Física, de Brasília (1986) e a segunda pela Escola de Educação Física da Polícia Militar do Estado de São Paulo (1991), a mais antiga instituição superior de Educação Física no Brasil.

Licenciou-se em Estudos Sociais, nas áreas História, Geografia, Organização Social e Política do Brasil e Educação Moral e Cívica (1982).

Possui especialização em Administração de Recursos Humanos (1990); em Treinamento Esportivo (1992); e em Treinamento da Natação (1993).

Realizou mestrado em Administração (2002) e doutorado em Ciências da Saúde (2004), ambos na Universidade de Brasília (UnB).

É Oficial da Reserva da Polícia Militar do Distrito Federal, com a patente de Major, sendo o primeiro colocado da Turma de Aspirantes de 1981 – Turma Buriti.

Atualmente é Professor Associado 4 na Universidade de Brasília, tendo ingressado por concurso público em 1994, atuando na Faculdade de Educação Física (FEF), na área de Gestão e Marketing do Esporte. Atualmente prepara-se para defender memorial perante uma banca para a promoção para o último nível acadêmico da carreira, que é de Professor Titular.

Integrou a comissão que criou o Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação Física da Universidade de Brasília (2003-2005).

Publicou 3 livros, 9 capítulos de livros e 24 artigos completos em periódicos científicos.

Organizou e coordenou 179 eventos técnico-científicos, esportivos e de lazer em níveis internacional, nacional e regional.

Orientou 11 dissertações de mestrado e orienta uma tese de doutorado, na área de Gestão do Esporte.

Agraciado, em 1999, com a Medalha de Bronze sem passador, da Polícia Militar do Distrito Federal.

Em 2003 recebeu o Título de Honra ao Mérito da Academia de Polícia Militar de Brasília, da Polícia Militar do Distrito Federal, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados como docente.

No ano 2004, foi contemplado com Moção de Congratulação, pela Câmara Municipal da cidade de Frutal, em Minas Gerais.

Atuou como avaliador do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior, do Ministério da Educação (2006-2015).

Coordenou a área de provas de capacidade física, entre 2006 e 2018) do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), que atualmente é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe)

Foi um dos criadores e Coordenador Geral da Escola Internacional de Futebol da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (EIF-CPLP) (2008-2015).

Criou e coordena o Laboratório de Pesquisa sobre Gestão do Esporte – GESPORTE, que estuda a gestão e o marketing de organizações, eventos e instalações esportivas (2008).

Foi vice-presidente na fundação da Associação Brasileira de Gestão do Esporte – ABraGEsp (2009).

No ano de 2010 foi condecorado com a Medalha Comemorativa ao Bicentenário da Polícia Militar do Distrito Federal.

Em 2011 recebeu o Diploma de Honra da Fédération Internationale D'Éducation Physique – FIEP, Delegacia da FIEP no Brasil.

Por cinco anos consecutivos foi agraciado com o título de Pesquisador Parceiro da Imprensa (2010 a 2014), pela Secretaria de Comunicação Social da Universidade de Brasília.

Em 2015 recebeu a Medalha dos 40 Anos da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto – FADE-UP, Portugal.

Condecorado duas vezes com a Medalha da Ordem do Mérito, comenda do Conselho Regional de Educação Física da 7ª Região – CREF7 (2011 e 2016).

Foi Conselheiro de Notório Saber Esportivo do Conselho de Educação Física, Esporte e Lazer do Distrito Federal – CONEF/DF, do Governo do Distrito Federal (2012-2018).

Recebeu o Diploma Pioneiro “Barão do Rio Branco”, do 5º Batalhão de Polícia Militar – Batalhão Barão do Rio Branco, da Polícia Militar do Distrito Federal (2018).

Em 2021 recebeu o Título de Associado Honorário da Associação Brasileira de Gestão do Esporte – Abragesp.

Atualmente é Professor Visitante e orientador no Mestrado em Direção e Gestão Desportiva, da Universidade de Évora, Portugal.

É Presidente de Honra do Instituto de Desenvolvimento do Esporte – iGesporte, instituição sem fins lucrativos que promove o desenvolvimento do esporte por meio da gestão, do qual foi idealizador e fundador.

Idealizou e administra o blog, o site, o facebook, o Instagram, Twitter e o Canal do YouTube do GESPORTE, que tratam da gestão e do marketing do esporte.

Possui reconhecimento nacional e internacional na área de gestão e marketing do esporte, tendo capacitado e qualificados dezenas de profissionais que atuam na área.

O link a seguir reproduz um pequeno vídeo com a síntese da solenidade. Vale a pena assistir.


O Professor Paulo Henrique enviou a seguinte mensagem abaixo reproduzida.

Postagem elaborada por Francielly Martins Prado